O site do Gourmet trabalha com tecnologias recentes e seu browser pode não suportar todos os recursos.
Sugerimos que atualize a versão do seu navegador para ter acesso a todo o site.
Fechar esta notificação
Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
  • Julio Gostisa

    Ol, seja bem-vindo ao meu blog no Gourmet. Sou um apaixonado pela indstria da comunicao e pelo mundo dos vinhos h anos! Escrever sobre vinhos subjetivo, mas quando feito com dedicao serve sim para ajudar o leitor a ganhar mais confiana. Facilitando que ele venha conhecer novas regies, uvas, vincolas ou at mesmo safras. Portanto, a ideia deste blog passar de maneira objetiva informaes uteis sobre produtores, tipos de vinhos, regies, viagens, harmonizaes ou at mesmo lanamentos no mercado gacho. Juntos iremos nos surpreender com esta indstria e no final voc certamente ir aprender a confiar mais em seu paladar!

Contedo de   Blogs#Julio Gostisa :: Para reflexo

Vinho Branco

11/10/2017 08:19     11/10/2017 08:21

Viajei internacionalmente por mais de 15 anos quando morava nos Estados Unidos e, ao contrário ao que muitos acham, não existe muito glamour nestas viagens. O mundo foi gradativamente ficando mais complexo e complicado, fazendo com que uma simples viagem de algumas horas de avião exigisse preparativos de dois dias
com relação à segurança e detalhes da bagagem.
Aprendi muito em todos estes anos e viagens, mas muitas vezes me senti igualzinho ao personagem do ator George Clooney no filme Amor sem Escalas, de 2009. Vocês já assistiram a este filme? No filme, Ryan Bignham vive a vida tumultuada de um viajante frequente sendo um consultor especializado em demissões em massa, muito comum esta profissão nos Estados Unidos. Para quem curte viajar e para quem curte este ator, recomendo assistir este filme. Mas, o ponto principal desta conexão entre o filme e minha coluna de hoje é que ele sempre encontrava sua paz interior dentro de um avião, sempre pensava e refletia melhor sobre sua vida pessoal e profissional quando estava sozinho e voando. Voar e viajar tem dessas coisas de mexer com a alma da gente. Quando estamos sozinhos e cercados de pessoas estranhas, acabamos nos concentrando e conversando com nosso interior. Às vezes o papo é legal.
O filme não cobre nada sobre vinhos, esta parte eu acabo de acrescentar, pois lembrei de uma viagem de seis horas que tive de fazer de Las Vegas até Chicago e, por sorte, recebi um “upgrade” da cia aérea e me mudaram de classe... Mais um motivo para ficar pensando na vida, mas desta vez em grande estilo. Neste dia realmente fiquei pensando na vida e nos vinhos que nos foram servidos durante a viagem. O vinho da foto se chama Chateau St Jean - Robert Young Vineyard , Sonoma feito na Califórnia de safra 2008. Este exemplar ficou até hoje em minha memória. Trata-se de um vinho branco com alma de vinho tinto.
Isso mesmo, pois, se fosse servido em taças escuras, dificilmente iríamos identificar se tratar de um vinho branco. Talvez seja pelo excesso de madeira, talvez seja pela maneira como foi vinificado ou simplesmente porque nas alturas o álcool faz maravilhas com sua absorção. Este vinho se tornou meu vinho branco preferido para reflexão.
Então fica a dica: escolha um bom vinho para conversar e refletir sobre a sua vida com a pessoa que nela mais importa, você mesmo! Se beber, vá de carona.

Comentários