O site do Gourmet trabalha com tecnologias recentes e seu browser pode não suportar todos os recursos.
Sugerimos que atualize a versão do seu navegador para ter acesso a todo o site.
Fechar esta notificação
Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar

Contedo de   Matrias :: Uma experincia no mais amplo sentido da palavra

Arte no prato

04/08/2017 07:55     04/08/2017 07:56

Uma experiência no mais amplo sentido da palavra. Assim pode ser definido o projeto Chef’s Table, que, em sua 2ª edição junto à Casa Cor RS, entrou definitivamente para o calendário da alta gastronomia em Porto Alegre ao trazer chefs nacionais e internacionais para fazerem jantares exclusivos para 24 pessoas por noite. Sucesso absoluto, mesmo com um valor um pouco salgado para os padrões locais, a edição já está com os convites praticamente esgotados justamente por oferecer momentos de real experiência gastronômica. Para quem quiser conferir a agenda de chefs, basta acessar o site. Já quem não puder/quiser investir tanto em uma noite, a dica é ir à Casa Cor e passar pelo ambiente... Já vai dar para sentir o quão diferenciado é o que estamos falando.

Chef’s Table

A iniciativa, que tem a chancela da Embaixada Gourmet, segue até o dia 27 de agosto. No

ambiente montado dentro da mostra pelos arquitetos Wagner Costa e Daniele Bitencourt, chama a atenção o ar intimista e requintado, as quatro grandes mesas para compartilhar e a bancada do chef ao centro – e ainda a cozinha envidraçada projetada por Jéssica dos Santos e Vanessa Aguiar. No jantar, o formato é o menu degustação com oito pratos: 3 entradas, 3 pratos principais e 2 sobremesas. Comandando as panelas, uma grande equipe encabeçada pelos chefs residentes Aluisio Sabino e Cássio Cevallos recebem, a cada semana, os cozinheiros convidados do Brasil e exterior.

Exclusividade

Como funciona para ter acesso a esta noite de requinte, exclusividade e, sobretudo, de muitos prazeres à mesa? A prioridade na compra (pelo site ou no local) é para quem possui o cartão do clube Chef’s Table ou é indicado por algum dos 400 associados da Embaixada Gourmet. Caso não possua o cartão e nem tenha indicação anterior, o interessado deve enviar um e-mail para contato@ embaixadagourmet.com.br com seu nome completo e telefone de contato ou ligar para (51) 98165-8833. Sempre que houver lugares ou desistências, as reservas serão preenchidas com esta lista de espera. O valor é R$ 295 por pessoa incluindo, além do jantar, valet parking, ingresso para a Casa Cor RS no dia do jantar depois das 18h, welcome drink, os pratos do menu degustação, tasting de 3 amostras de vinhos, café, água, harmonização de uma sobremesa com cerveja e um mimo exclusivo.Como funciona para ter acesso a esta noite de requinte, exclusividade e, sobretudo,

ENTREVISTA / Lucio Martins, diretor da Embaixada Gourmet

O que é a Embaixada Gourmet? A Embaixada Gourmet faz curadoria de comida. Desde o menu até o gerenciamento completo de marcas do mercado da alta gastronomia. Ela foge do óbvio e personaliza as experiências de acordo com cada um de seus associados e empresas interessadas em apresentar de forma inovadora projetos, produtos e eventos gastronômicos. Na mídia, a EG ainda é hoje um imenso clube privado, com mais de 80 mil seguidores ativos, espalhados pelos cinco continentes. A indicação de pratos, roteiros e restaurantes, seja na área restrita do site ou no perfil do Instagram, movimenta milhares de acessos diários e indiscutível credibilidade como avalizadora de marca e profissionais.

Como ela surgiu? Compartilhar experiências e dicas com amigos interessados em boa gastronomia foi a proposta inicial da advogada Fernanda Guimarães quando criou o seu perfil pessoal no Instagram em 2013. A paixão pela culinária, que já havia a levado a estudar gastronomia na França, e a curiosidade por novidades e sabores diferenciados e de alta qualidade foram aos poucos transformando o hobby em uma atividade desafiadora que incentivou a mudança do perfil em seu nome para Embaixada Gourmet (@embaixadagourmet). Os posts cheios de personalidade aprimoraram a técnica para fotografar os pratos a cada clique e seduziram rapidamente a audiência na rede social. Com conteúdo exclusivo e informações privilegiadas coletadas em viagens e experiências locais, a iniciativa conquistou a credibilidade de mais de 83 mil seguidores, entre eles grandes nomes da crítica e da gastronomia internacional. Aos poucos, o perfil reuniu um grupo privado com diversos interessados em receber informações e contribuir com as suas experiências.

Como definiria a experiência Chef’s Table? Mesa do chef. Um pequeno grupo de pessoas em um espaço específico com chefs nacionais e internacionais fazendo seu show case. Até nove pratos com suas criações onde gastronomia e entretenimento se unem em algo único.

Quais os principais desafios e alegrias do projeto? Desafio é criar novos projetos e ter nomes ainda mais consagrados para assinar nossos jantares. Alegria é ver chefs da nova geração do Estado e do Brasil trocando experiências com chefs mundialmente conhecidos.

Quais os critérios usados para a escolha dos chefs e menus? A escolha dos chefs é resultado de anos de pesquisa. Quanto ao menu, é um trabalho conjunto entre a Embaixada e os chefs. “Por causa da minha profissão, sou acostumada a, rotineiramente, estar em diferentes tipos de restaurantes e ter acesso às novidades do mercado... E, afirmo, sem medo de errar, que há tempos algo não me surpreendia tanto quanto o Chef’s Table... E olha que fui em um dia de imersão de jornalistas, ao meio-dia, e não à noite como deve ser. O local é encantador e intimista e os chefs residentes deram um show de sabor e apresentação. O preço é salgado? Sim, é! Mas a experiência é realmente diferenciada! Ainda agora, quando me lembro, tenho vontade de comer o ovo perfeito com queijo pecorino do chef Aluisio Sabino e a mais linda sobremesa de bergamota que já vi: assinada por Cássio Cevallos, a cor intensa e alaranjada por fora e o mousse de chocolate branco belga por dentro foram um presente aos convidados. Consistência e sabores únicos que eu gostaria que cada um de vocês pudesse ter experimentado para saber do que estou falando.” Camila Severo, editora de gastronomia do Grupo Sinos.

Comentários