O site do Gourmet trabalha com tecnologias recentes e seu browser pode não suportar todos os recursos.
Sugerimos que atualize a versão do seu navegador para ter acesso a todo o site.
Fechar esta notificação
Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
  • Julio Gostisa

    Olá, seja bem-vindo ao meu blog no Gourmet. Sou um apaixonado pela indústria da comunicação e pelo mundo dos vinhos há anos! Escrever sobre vinhos é subjetivo, mas quando feito com dedicação serve sim para ajudar o leitor a ganhar mais confiança. Facilitando que ele venha conhecer novas regiões, uvas, vinícolas ou até mesmo safras. Portanto, a ideia deste blog é passar de maneira objetiva informações uteis sobre produtores, tipos de vinhos, regiões, viagens, harmonizações ou até mesmo lançamentos no mercado gaúcho. Juntos iremos nos surpreender com esta indústria e no final você certamente irá aprender a confiar mais em seu paladar!

Conteúdo de   Blogs#Julio Gostisa :: 

Degustação Vertical

24/06/2016     18h10

Do que se trata? Do que estamos falando? Degustação de garrafas de vinhos na vertical? Nada disso. Trata-se de uma das melhores maneiras de aprimorar o conhecimento sobre um certo tipo de vinho, seu produtor e região. Normalmente uma boa degustação vertical pode mudar a concepção por completo daquela pessoa que já conhece vinhos, mas que está interessada em conhecer a fundo esta indústria. Portanto degustar vinhos em vertical é fácil e não tem mistério.
Como começar e se preparar bem para uma degustação vertical? O desafio principal está em encontrar vinhos bons, que durem por anos e que também foram produzidos em série. Então algumas pequenas regras devem ser seguidas: encontrar exemplares do mesmo vinho, de um mesmo produtor, safras distintas que não precisam ser consecutivas. Normalmente os enólogos e especialistas adoram este tipo de degustação pois acontecem com os vinhos ícones das vinícolas e ao se preparar para o evento acabam estudando, provando e conhecendo a fundo uma determinada região do planeta.
Preparação é a maior arma nesta batalha! Se certifique que tenham separado e impressas as fichas técnicas de avaliação de cada vinho e comecem sempre pelo exemplar mais antigo. A melhor parte desta técnica de avaliar vinhos desta maneira vertical é conhecer a fundo as condições climáticas daquele ano, entender as diferenças e constatar que realmente terroir pode influenciar nas características dos vinhos. Curta o momento e não se preocupe em anotar muitos detalhes. Aproveite para treinar sua memória olfativa, viaje e volte no tempo.
Em todas as degustações verticais que eu participei, sempre aprendi muito. Tive a sorte de ter professores e “palestrantes” simplesmente apaixonados pelo produto e pela indústria. Por isso insisto no tema de preparação para este tipo de evento. Se preocupem com dados climáticos de cada ano, lembrem de perguntar como foi aquele ano, perguntem sobre o tempo (clima) e técnicas de envelhecimento, enfim tudo o que pode ajudar vocês a entender o porquê de tantas diferenças e semelhanças.
Garanto que vocês irão se surpreender.
Degustação vertical.
Fica a dica.

Comentários