O site do Gourmet trabalha com tecnologias recentes e seu browser pode não suportar todos os recursos.
Sugerimos que atualize a versão do seu navegador para ter acesso a todo o site.
Fechar esta notificação
Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
  • Joo vila

    Bom cozinheiro no aquele que faz um coq au vin, ensopado de vitela provenal ou rosbife com molho trtaro. Bom mesmo quem transforma ovo frito num banquete e descobre, nos cantinhos da dispensa, o que pode ser feito para a receita do dia. Foi assim que o jornalista Joo vila, editor de poltica do Jornal NH, descobriu o gosto pela cozinha. Para ele, vale aquilo que cai no gosto das pessoas. No dispensa uma carne de panela e se inspira na situao do Pas para fazer o que mais gosta: um revirado. Ento, boa leitura (e bom apetite).

Contedo de   Blogs#Joo vila :: Como foi a Alemanha

Amendoim cri cri

24/08/2015     16h02

 Tem dor que é melhor a gente não sentir. Mas como não sentir dor, é possível? Explico. Sou um apaixonado por futebol. Como é bom torcer, vibrar, comemorar. Quando o time do coração perde, dói, mas é aquela dor que não dói de verdade. Não se deu para entender. Vou voltar um pouco mais de um ano no tempo. Estamos no dia 8 de julho de 2014. Nação inteira na frente da televisão para ver o Brasil carimbar o passaporte para a final da Copa do Mundo. Do outro lado os alemães, aqueles que acostumamos dizer que têm cintura dura. Estava em casa assistindo ao jogo com a Angelita (minha esposa). No fogão, uma panela para fazer amendoim cri cri (ou doce, como queiram). Por sorte, a fase final de preparo da receita, aquela em que não dá para parar de mexer, começou aos 20 minutos do primeiro tempo. O Brasil perdia por 1 a 0. Fiquei 10 minutos na cozinha. Quando voltei, 5 a 0 para os cinturas dura. Não tive tempo de sentir a dor daquele baile. Já o resto da história, todos nós sabemos. 7 a 1, certo?


Amendoim cri cri
Ingredientes

Meio quilo de amendoim
Três xícaras de chá de açúcar
Três xícaras de chá de água
(tem quem coloque uma colher de canela eu pó, eu não gosto)

Preparo

Coloque todos os ingredientes numa panela e mexa bem, até o açúcar dissolver. Leve ao fogo e mexa de vez em quando. Depois de um tempo a água começa a espumar (normalmente aos 20 minutos do primeiro tempo, quando o jogo tá 1 a 0). A partir daí não dá mais para parar de mexer. Aos poucos o açúcar cristaliza e fica daquela cor maravilhosa. Quando estiver tudo cristalizado, coloque numa forma e espere esfriar. Vai dá para comer durante o segundo tempo e ver mais dois gols da Alemanha.

Ah! Tem quem coloque no forno para dar uma torradinha...

Comentários